-11%

Canibal do Sal

9,59 -10% 8,63

«Com varandas para a vastidão do oceano», a poesia introspectiva e perscrutante de Afonso Salgado procura «um novo porto, chagas de outras terras, águas mais profundas», na convicção de que, «na cadência compassada da viagem», quem se salva são «os mendigos do sal dos dias». E interroga-se: «Será a verdade das palavras a mentira e o amanhã apenas uma bola de sabão na minha mão?»

ISBN: 9789728708283

Editor: Sopa de Letras

Data: 5/24/07

Páginas: 96

Formato: 145 x 230 mm

Peso: 172.00 g

Categoria: Tema: Product ID: 3938