-11%

Uma História de Violência Politica

Portugal de 1834 a 1851

18,68 -10% 16,81

De 1834 a 1851, o recurso à violência política banalizou-se como forma de forçar uma mudança política, uma substituição de governo ou uma alteração constitucional. É esta história que se conta neste livro. Nestes anos, Portugal viveu e (...) ver mais

De 1834 a 1851, o recurso à violência política banalizou-se como forma de forçar uma mudança política, uma substituição de governo ou uma alteração constitucional. É esta história que se conta neste livro. Nestes anos, Portugal viveu entre revoluções, pronunciamentos, golpes e motins, incapaz de gerar modalidades de alternância regrada e pacífica no poder. Estas dependiam, fundamentalmente, de se chegar a um acordo sobre a norma constitucional, o que só depois da Regeneração, em 1851, se veio a alcançar. Até então, o radicalismo nunca se conformou com uma Constituição pensada para o marginalizar, entronizando uma oligarquia liberal que usava as prerrogativas régias, constitucionalmente consagradas, para se conservar no poder e explorar o Estado em benefício próprio.

ver menos

ISBN: 9789898219145

Editor: Tribuna da História

Data: maio 2009

Páginas: 224

Formato: 150 x 230mm

Peso: 327.00 g

Acabamento: Brochado

Categoria: Tema: Product ID: 4158